01 fevereiro 2009

É cada coisa que a gente escreve!

14.12.06

Assez, amour de ma vie, je constate que je suis personne aliénée, mais j'adore, pour adorer, pour vous aimer ! Un jour vous allez être la mienne ! J'attends....

¬¬'

--------------------------------

22.02.07

Mon amour, je t'aime... Je ne pense jamais que je vous ai oublié, j'apprends seulement à vivre, pour l'instant sans vous... Je vais pour vous...

=S

--------------------------------

26.11.05


"Eu vivo de um amor impossível
De um abraço impossível
De um beijo impossível.
Eu vivo de te tocar nos meus sonhos
E no mais profundo de mim
Sentir seu calor,
Sentir seu corpo contra o meu
Trazendo essa emoção
Que palavras não sabem dizer.
Eu vivo dessas viagens irreais
Onde só estamos nós dois,
De mãos dadas,
Com toda a beleza desse sentimento
Que me faz bem e mal ao mesmo tempo.
Eu vivo desse amor,
De você,
De impossibilidades
De ver estrelas ao seu lado.
Tudo isso
Porque você chegou na minha vida
Tarde demais*. "

*Cedo demais.

-----------------------------------------

2 comentários:

Rhayssa Lima disse...

Tu acreditas que de vez enquando encontro umas coisas... e rio. E penso: Meu Deus, escrevi isso? Eu? Não... não!

E rio para não chorar!
=S

Érica Neves disse...

nééééé.

rir pra não chorar.

Pages