25 agosto 2009

Barreira.





O problema não é o "dar errado no final", nem tudo é perfeito, o problema é como vai dar errado. Muita gente passa, dois, cinco, dez anos juntos e dizem que terminou porque não deu certo, porém, deu certo por dois, cinco, dez anos.

Pra mim não seria nem é perda de tempo, do mesmo jeito que passou antes, pode passar mais dez vezes se necessário, acredito que tudo tem o seu momento.

Não sei como explicar mais, mas não queria que tivesse de ser, assim, como é.



Y fuimos por unos meses
Dos ingredientes de una receta
Fuimos dos flores distintas en una misma maceta
Y todo tiene su tiempo
Tanto lo dulce como lo amargo
No hay pena ni gloria
Que un día no pase de largo

Si dejaras entrar un rayo de luz
Y sintieras tan solo una vez
Lo que yo siento
Sabrías que

Mi canto no es más que un mal intento
De alejarte un instante de mi pensamiento

3 comentários:

CarOl disse...

huuum
adorei o textinho em español, muchacha!!! hahahaha
Arnaldo jabour já escreveu sobre isso!! Dps lê, é lindo!!
bjus
Ah,
tem selo pra vc no blog!!!

Kika disse...

Xeretando a net me deparei com uma chará... rsrsrs... Adorei seu blog... Parabéns. Bjs

BaH disse...

gostei da parte que os dois, dez anos foram bons. Nunca parei p pensar assim....

Boa Sorte com "o fim", no começo assusta mas depois passa!

Pages