10 março 2009


"Eu perco o chão
Eu não acho as palavras
Eu ando tão triste
Eu ando pela sala
Eu perco a hora
Eu chego no fim
Eu deixo a porta aberta
Eu não moro mais em mim..."

Apesar de confusa e complicada, quando a questão era "sentimento", Eu sempre soube o que sinto, e nunca tive vergonha de admitir, não necesariamente aos outros, mas, a mim. E pela primeira vez, eu acho, não sei o que sinto, nem penso e isso me deixa aflita. Eu que sou movida e regida por sentimentos, não consigo compreendê-los, não consigo fazer minhas teorias, não consigo medir, fazer considerações, não estou conseguindo preparar minhas almofadas pra possível queda. E mesmo sem saber, já me fechei. E não sei se amanhã tudo terá voltado ao normal. Já se foi uma semana...

P.s: E " ...Onde será Que você está agora?..."


Um comentário:

caroL disse...

ericaaaaa
agora tenho um blog tbm, não
é um como o seu ( vc humilhou viu?!) aouha... mas qm sabe
um dia não vira!! bjuus

Pages